Abre Alas

Melvin Santhana

Abre Alas


Corre na frente que atrás
Ficou gente sentada pra ver o bonde passar
Anda menino, mas, não se demora
Simbora crescer pra gente lutar
Lute não morra podendo socorra
Quem paga pra ver a morte chegar
Manda quem pode obedece quem ora
E não tarda pra ver essa roda

Rodar é hoje é agora
Rodar senhor e senhora
Rodar a vida é uma escola
Rodar é um jogo de angola

Todo sagrado é um jogo jogado, é obi e opele, itoto e adjá
Toda palavra mal dada é tiro que falha ou que fere
Tem hora e lugar
Choro é um poço que alaga no fundo da alma da gente
Deixa molhar
Sinta não fique, se o clima tá freak
Deu pico se pique senão vai

(refrão)
Rodar é hoje é agora
Rodar senhor e senhora
Rodar a vida é uma escola
Rodar é um jogo de angola
Ai ai ai é o abraço da capulana
Ai ai ai é um enlaço, uma candeia
Ai ai ai é a vida quem me chama
Ai ai ai é chama que incendeia

Letra enviada por Melvin Santhana

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Melvin Santhana no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS