Página inicial > M > Mega Broxas > Dia de cão

Dia de cão

Mega Broxas


Hoje eu estou sem inspiração
Pra rimar os versos e fazer refrão
Cheguei bêbado e esqueci, a minha chave na calçada
Vomitei, molhei o nariz na privada
Estava numa mesa de Botequim
Esperando alguma mina olhar pra mim
Achei uma e fui correndo, o seu nome perguntar
Ela olhou para mim e disse: é Osmar!

Hoje eu estou tão azarado, que será que aconteceu?
O Ônibus tava lotado, mas só roubaram eu!
Hoje eu estou tão azarado, que será que aconteceu?
O Ônibus tava lotado, mas só roubaram eu!

E logo cedo acordei preocupado
Tinha quinze urubu no meu telhado
Eu queria ir à padaria, e nem isso consegui
No caminho pisei na merda e desisti!
E resolvi então olhar no calendário
Sexta-feira dia treze, mês de maio
Vou tomar um banho e dar, uma voltinha na cidade
No chuveiro acabou a eletricidade!

Hoje eu estou tão azarado, que será que aconteceu?
O Ônibus tava lotado, mas só roubaram eu!
Hoje eu estou tão azarado, que será que aconteceu?
O Ônibus tava lotado, mas só roubaram eu!

E fui abrir a geladeira com pé molhado
E tomei um choque da peste, cai sentado
E a panela de comida tinha azedado
O bico do meu sapato tava furado
O aluguel da minha casa tava atrasado
E eu devendo até as calças, desempregado
E o cheque não tinha jeito, tava ferrado
Fui beber, Viado!

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mega Broxas no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS