MC Ryan SP

O Mãe

MC Ryan SP


Ela é louca, maluca, surtada, doidona
Só quer saber vim de perrecar
Me manda um status, onde você tá agora?
Ô mãe, ai que saudade de você

Se referindo a mim com ignorância

Rasgou a camisa da Lacoste
Queimou minha Tommy
Rachou a tela do iphone 12
Mandona pra caralho, tá achando que é quem?
Ainda falou que eu vou dormir na sala hoje

Ah, esse peito aí fui eu que dei
O dente eu que comprei
Te tirei do nada e te dei tudo
Não me trata assim como ninguém
Isso não me convém, eu não sou esse tal vagabundo

Ela é foda, me tirou da depressão
E no momento de tristeza ela tava lá pra me ajudar
De todas as vez que a civil chutou minha porta
Ela sempre me levou chumbo e tava lá pra visitar

Gata não dá
Eu vou te quer te abandonar

Ô mãe, ai que saudade de você
Eu tô indo aí te ver
É mó B. O essa bebê
Pulei fora e fui viver
Ô mãe

Uma noite e nada mais como se fosse a despedida
É como se fosse um desperdício, oh da ladeira do precipício
Mamando no pai, não vai embora agora sem olhar pra trás
Seu falso amor não custa um terço da minha paz
Atuação de atriz lá do Niemeyer

É semelhante como a cobra, ela também mata abraçando
Ela que vem tramando um bote há muito tempo, envenenando a maçã
E o que tava legal foi de mal a pior
Na lírica da mente ela chegou dando um nó

Ô mãe, eu sei que eu não me enganei
Porque eu já sabia eu só não quis acreditar
Que outra menina conseguia me amar
Que outra mulher poderia me amar

Ironia do destino eu vejo seu rosto em reflexo
Onde a gente chega só por causa do sexo
Faz coisas malucas, mas faz coisa sem nexo
Bota gelo na Jack de fogo e fogo no teto

A bunda dela á bem mais linda que a Torre Eiffel
Vicia igual sintético, mas é que é natural, vai
Me deixou perto do céu
Anjo caído me deixou no chão

Ô mãe, ai que saudade de você
Eu tô indo aí te ver
É mó B. O essa bebê
Pulei fora e fui viver

Eu sei o que eu mereço, eu sei o que eu espero
Eu sei o que eu tenho também sei o que eu quero
Eu nunca me esqueço que um dia deu certo
Foi legal o começo, mas o fim está perto

Ô mãe, ai que saudade de você
Eu tô indo aí te ver
É mó B. O essa bebê
Pulei fora e fui viver

Ô mãe, ai que saudade de você
Eu tô indo aí te ver
É mó B. O essa bebê
Pulei fora e fui viver

Quando ela tá brava me bloqueia
E fala pra eu te esquecer que não vai mais voltar
Eu me ferrei isso eu sei
Só não sei ce vai me perdoar

Como que eu vou fazer você voltar
Se todas eu já peguei ou to na lista pra pegar

Quando ela tá brava me bloqueia
E fala pra eu te esquecer que não vai mais voltar
Eu me ferrei isso eu sei
Só não sei ce vai me perdoar

Que coisa, eu vivi pra ver isso
Ela sabe que eu como outra e tá aceitando
Tá gostoso, mas tô achando esquisito
Uma lista de mulher que eu tô administrando

Então fica de quatro que eu jogo o pataco
Só revoada vapo no vapo
Fica de quatro que eu jogo o pataco
Só revoada vapo no vapo

Ô mãe, ai que saudade de você
Eu tô indo aí te ver
É mó B. O essa bebê
Pulei fora e fui viver

Ô mãe, ai que saudade de você
Eu tô indo aí te ver
É mó B. O essa bebê
Pulei fora e fui viver

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a MC Ryan SP no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES