Página inicial > Rap > M > Mc Kaviero > Rainha branca (Reborda de cocaína)

Rainha branca (Reborda de cocaína)

Mc Kaviero


Essa aqui é pra quem duvidou,
"Mc Kaviero" chegou que chegou,
Vamo' que vamo' na humildade,
Quem duvidou, receba minha malandragem

Muitos apontam não os dedos
Mas, quem reconhece olhares?
Não troco um caminho certo,
Por uma multidão de altares
Que Jesus cresça, e que eu diminua,
Que o povo não me glorifique
Pois, a glória é só sua,
Me usa, quero ser o seu instrumento
Que teu Espírito Santo me conduza igual o vento,
Eu não posso te ver, mas, eu posso te sentir
Trabalhando aonde eu vou,
Hoje o Espírito Santo está aqui,
Quando o amor cresce o ódio caí,
Tudo se tranquiliza, e o mal saí,
Ninguém entra na casa do valente
Sem antes o amarrar
Santo Deus nos proteja, é nóis pode pá

Não quero ser exemplo
Quero ser tipo um caminho
Canal que mostra a diferença da água pro vinho

Ontem eu fiquei acordado a noite inteira
Rolou altos "papel" e muita bebedeira
Acho que foram uns dois "Red" e um "Black"
E muito energético, eu e as mina e os muleque'
Curtindo como se não houvesse amanhã,
Sem camisinha mesmo, foi eu e a Pam'
Pílula do dia seguinte, te repreendo "Leviatã", rum!

Hoje eu acordei não sei quem eu sou
Hoje eu acordei e não e sei onde vou
Hoje eu acordei e não sei se estou
(Reborda de cocaína)
Hoje eu acordei sei a onde estou
Hoje eu acordei preso estou
Hoje eu acordei com ódio da rainha branca
(Reborda de cocaina)

Vixe, que horas são? Ontem eu fiquei mó' locão'
Essa carreira é curta e sem sucesso,
Só ilusão, fora de acesso!

Ressaca estranha parece moral
Destruído por dentro totalmente sem moral
Me sentindo um lixo, um completo iludido
Manipulado, trouxa, zé ruela, depressivo
Hoje eu tô fora pra seja lá quem for,
Liguei o foda-se e o já era truta, incolor (incolor)

Hoje eu acordei não sei quem eu sou
Hoje eu acordei e não e sei onde vou
Hoje eu acordei e não sei se estou
(Reborda de cocaína)
Hoje eu acordei sei a onde estou
Hoje eu acordei preso estou
Hoje eu acordei com ódio da rainha branca
(Reborda de cocaina)

Rafael: Ai Kaviero peguei uma da boa ali
Vamo' que vamo' vo' estica aqui!?
Kaviero: Ai mano eu acabei de cheirar na casa da "Ali"
Eu tô de boa, pode pá?!
Rafael: Como é que é meu mano? 'Cê sempre cheirou
O cheiro aqui tá bom, te instigou!
Kaviero: Mano é sempre nóis, firmeza?
Mas, eu to' cansado dessa "noieira"
Tudo que eu tenho vira pó, num é brincadeira!
Tanto pó que já cherei da uma praia
Sentada na cadeira de mini-saia
Te chamando, te exuzando, só no axé né?
Puta que só da o cano,
Eu desquitei dessa rainha ai, eu quero melhorar,
'To fora disso aí
Rafael: Cê sempre cheirou!
Kaviero: Eu 'to fora disso ai
Rafael: (Peguei uma da boa)
Kaviero: 'Cê pode pá que tô fora disso ai
Rafael: 'Iii que estranho?! Nem reconheço o meu mano
E agora vai cola com os crente? 'Cê tá tirano? 'Cê tá tirano?
Não vão te aceitar, você com tatuagem, alargador ah tá? Num é a sua vibe!
Kaviero: Ai mano, mas, pode pá! A amizade continua,
Mas, a rainha branca vai ter que acabar
'To cansado de gastar com o que não vai durar,
Enquanto isso deixo de ajudar com o meu filho
Eu decidi e vou parar, não quero com a minha vida acabar,
Jesus vai me libertar, eu sei quem pode me libertar...

(Reborda de cocaína) Rainha branca, (Reborda de cocaína),
(Reborda de cocaína) Rainha branca, (Reborda de cocaína),
(Reborda de cocaína) Rainha branca, (Reborda de cocaína),
(Reborda de cocaína) originalidade falsa, (Reborda de cocaína)...

Hoje eu de novo acordei graças o meu Salvador
Hoje eu me libertei graças o meu Salvador
Hoje eu acordei feliz ou hoje acordei feliz
Hoje eu de novo acordei graças o meu Salvador
Hoje eu me libertei graças o meu Salvador
Hoje eu acordei feliz ou hoje eu acordei feliz

Mas, Deus escolhe as coisas loucas deste mundo, para confundir as sábias.
E Deus escolhe as coisas fracas deste mundo, para confundir as fortes.
E Deus escolhe as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são para aniquilar as que são. Para que nenhuma carne se glorifique perante ele. I Corintios.
Não jugueis segunda a aparência, mas julgai segundo a reta justiça truta.
Abre o olho, é nóis, que Deus te abençoe em nome de Jesus...

Compositor: Kaio Vinicius Araújo

Letra enviada por Isadora Coelho

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mc Kaviero no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS