Menina Princesa

Maurício Mattar


Belo dia, sem querer, do meu carro, eu olhei p’ra você,
Procurei te chamar com olhares, mas você nem me viu,
Eu fique assim tão alucinado te olhando partir quando o sinal abriu,
Essa história não pode ganhar um final infeliz.

Tem certas coisas que acontecem com a gente que não dá p’ra entender,
O coração dispara, o corpo enlouquece de amor e prazer,
Eu só queria saber o seu nome, seu telefone, para te conquistar,
Mas eu perdi você num fim de tarde e não pude dizer

Ah, menina princesa,
Quantas vezes quis te beijar,
Teu olhar foi que nem correnteza,
Feito rio que me leva p’ro mar.
Só queria te ver,
Linda numa tarde de sol,
E dizer o que você quer ouvir,
Desfazendo em meu peito esse nó.

Tem certas coisas que acontecem com a gente que não dá p’ra entender,
O coração dispara, o corpo enlouquece de amor e prazer,
Eu só queria saber o seu nome, seu telefone, para te conquistar,
Mas eu perdi você num fim de tarde e não pude dizer

Ah, menina princesa,
Quantas vezes quis te beijar,
Teu olhar foi que nem correnteza,
Feito rio que me leva p’ro mar.
Só queria te ver,
Linda numa tarde de sol,
E dizer o que você quer ouvir,
Desfazendo em meu peito esse nó.
Ah, menina princesa,
Quantas vezes quis te beijar,
Teu olhar foi que nem correnteza,
Feito rio que me leva p’ro mar.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Maurício Mattar no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS