Página inicial > MPB > M > Matheus Prevot > Marcha Ré

Marcha Ré

Matheus Prevot


Que cê tá falando aí?
Tá difícil até de te ouvir
Tanta asneira assim eu nunca vi
Dá vontade de sumir daqui

Cê num sabe o que cê quer
Não respeita nem sua mulher
Tem saudade do seu capataz
Caranguejo é que anda pra trás

Ô, meu rapaz
Olha o que cê faz
Como te defender?
Ficou ruim pra você

Violência não traz
Nem um pingo de paz
Isso é claro demais
Nem precisa ser tão inteligente

Que cê tá falando aí?
Tá difícil até de te ouvir
Tanta asneira assim eu nunca vi
Dá vontade de sumir daqui

Cê não sabe o que cê diz
Pois é cada escolha infeliz
Prende o Cristo e solta o Barrabás
Caranguejo é que anda pra trás

Ei, meu amigo
Veja bem o que te digo
Não seja insensível
Seu asco é visível

O dinheiro ou a cor
Não faz superior
Nem a religião
Não te faz mais que qualquer outro crente

Que cê tá falando aí?
Tá difícil até de te ouvir
Tanta asneira assim eu nunca vi
Dá vontade de sumir daqui

Cê num sabe o que cê quer
Não respeita nem sua mulher
Tem saudade do seu capataz
Caranguejo é que anda pra trás

Cê não sabe o que cê diz
Pois é cada escolha infeliz
Prende o Cristo e solta o Barrabás
Caranguejo é que anda pra trás

Cuide do seu arredor
Faça parte de algo melhor
Sem fronteiras artificiais
Caranguejo é que anda pra trás

Liberdade nos meus carnavais
Caranguejo é que anda pra trás

Vem lutar por quem precisa mais
Caranguejo é que anda pra trás

Mais amor nas redes sociais
Caranguejo é que anda pra trás

Mais escolas menos arsenais
Caranguejo é que anda pra trás

Compositor: Matheus Prevot, Simone Lisboa

Letra enviada por Matheus Prevot

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Matheus Prevot no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS