Tanto Tempo

Matheus Maxxt

A Luz No Fim Do TĂșnel (Maxxt)


Sobrevivo a pecados capitais e também a raiva
O que nĂŁo souberam atĂ© hoje Ă© bom que vocĂȘ saiba
Caiba, em cada espaço, profundo
Concurdo, encontrado simplesmente nesse mundo
Chegando onde não podia, medo indo além
Querem adverter mas, chingo nunca educou ninguém
Olham pra mim reparam e nĂŁo ficam quieto
Jå começa a me rebaixar perante o meu próprio teto
NĂŁo quero os satisfazer, sĂł quero ver
As faces fazer, o inesperado
E nĂŁo apenas deixar o ferrado mais ferrado
Vou depositar meu raciocĂ­nio na linha lĂłgica
Até que um dia a minha letra saia ótima
Ouço grito todo dia sem ser de dor
Nem sei mais diferenciar o da minha mĂŁe
com o do professor
No meio de falsos se encontra o verdadeiro
Trabalho gera cansaço nem sempre gera dinheiro
Fatos se repetem nunca tĂŁo evoluindo
Menino querendo homem, homem querendo menino
Vejo a Decomposição composta por cores
Da costa leste a oeste, corroendo amadores
Amigos e Amigas me diga pra quĂȘ?
Pra vocĂȘ fazer oq gosta e eles vim zoar vocĂȘ?
Não ligo para opiniÔes em mim não vai interferir
Pois crĂ­tica construtiva nunca construiu Mc
Inverteram os fatos e também a qualidade
Entendam a diferença de saudação e saudade

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Matheus Maxxt no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS