Horiz

Matheus Maxxt


Pilotando as camadas, camisetas mais largas
Eu vejo tudo de novo, e o diabo veste Prada
E acaba que, tudo se acaba aqui
Em todo tempo do mundo, a gente luta com o fim
Saturado, tipo quando a escrita num apetece
Eu não tô sendo ingrato, quero algo que parece
Umas tardes em Bristol, cansado do lençol
Conversa indireta que eu tive com o sol
E eu, me sinto bem mais burro que antes
Olhando as estantes, tentando criar
Por mais que eu não tenha amante
e preferia um mirante
Tive em mente que nunca é tarde pra se viajar
Começa o eterno debate com as paredes
Meus melhores momentos foram sem rede
E eu redigi, todo o importante a transmitir
Se a vida decidiu ser assim
falta pouco pra eu sumir
(falta pouco pra eu sumir, jão...)

Letra enviada por offluks

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Matheus Maxxt no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS