Meu Tormento

Marrequinho e Nuvem Branca


VocĂȘ que estĂĄ longe de mim neste momento
NĂŁo pode ver a grande dor que me tortura
E nem ouvir a minha voz, o meu lamento
Nas minhas horas, longas horas de amargura

Somente o pranto que meus olhos estĂŁo chorando
É testemunha de um amor que não tem fim
Sinto a ternura dos seus lĂĄbios me beijando
Mesmo sabendo que estĂĄ longe de mim

Enquanto a chuva insistente cai lĂĄ fora
A noite passa, lentamente vai embora
Neste abandono de amargura e sofrimento
Fico pensando onde andarĂĄ vocĂȘ agora
Neste abandono de amargura e sofrimento
Fico pensando onde andarĂĄ vocĂȘ agora

Compositor: Ubirajara Moreira, Percival Moreira

Letra enviada por Pedro Paulo Mariano

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Marrequinho e Nuvem Branca no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS