Pardonne Moi (tradução)

Markize


Perdoe-me


Olhei em volta de mim a sua presença inesperada

Mas só encontrei uma pista danificada, foto

Não, eu não sei você, mas sua vida afunda até o fundo de mim

eu tentei em vão esquecer o vazio destes últimos anos

Se a sua ausência cavou

Você acha que eles serão preenchidos?


Eu vivi muito tempo no inconsciente da dor

Mas apodreceu ainda maliciosamente no meu coração

Para acordar hoje, quando a criança cresceu

E para me assombrar, me torturar de novo e de novo à noite

Eu sou um estranho para você?

O que há de errado comigo?

Me ame!



coro

Perdoe-me!

Por que você me abandonou

Perdoe-me!

Você preferia esquecer

O seu filho, até mesmo o seu sangue

Você deixá-lo fluir, mesmo sem proteger

Mas, apesar de que eu permaneça seu


E eu continuo meu caminho, apesar da falta, apesar da ausência

sufocante esquecimento vácuo pela ignorância

Mas me diga como você pode esquecer uma parte de si mesmo?

Em tudo que eu faço eu vou vê-lo novamente, você, papai

Eu sou um estranho para você?

É realmente o amor para você?


Dad


coro


Eu estou tão mal, me ouvir, sentir a minha alma está perdida sem você

Onde você está? Eu estou me afogando

No abismo ou você me enviou


coro


Perdoe-me!

Por que você me abandonou

Perdoe-me!

Perdoe-me!

Pardonne Moi


J'ai cherché tout autour de moi ta présence inespérée,

Mais pour seul indice je n'ai trouvé qu'une photo abîmée,

Non je ne te connais pas mais ta vie coule au fond de moi,

J'ai essayé d'oublier en vain le vide de ces années passées,

Que ton absence a creusé ;

Crois-tu qu'elles seront comblées ?


J'ai vécu longtemps dans l'inconscience de la douleur,

Mais elle pourrissait pourtant sournoisement dans mon coeur,

Pour se réveiller aujourd'hui quand l'enfant a grandi,

Et pour me hanter, me torturer encore, encore la nuit

Suis-je une étrangère pour toi ?

Qu'est ce qui ne va pas en moi ?

Aime-moi !



CHORUS

Pardonne-moi !

Pourquoi m'as-tu abandonnée,

Pardonne-moi !

Tu as préféré oublier,

Ton enfant, même ton sang,

Tu l'a laissé couler, sans même le protéger,

Mais malgré ça je reste à toi,


Et je continue mon chemin, malgré le manque, malgré l'absence,

En étouffant le vide par l'oubli, par l'ignorance,

Pourtant dis-moi comment peut-on oublier une partie de soi ?

Dans tout ce que je fais je te retrouve encore, toi, papa.

Suis-je une étrangère pour toi ?

Est-ce vraiment ça l'amour pour toi?


Papa.


CHORUS


J'ai si mal, entends-moi, sens mon âme se perdre sans toi,

Où est-tu ? Je me noie,

Dans l'abyme ou tu m'envoie


CHORUS


Pardonne-moi !

Pourquoi m'as-tu abandonnée,

Pardonne-moi !

Pardonne-moi !

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS