Página inicial > Fado > M > Mariza > Fado Triste

Fado Triste

Mariza


Vai,oh!,Sol poente..
Vai e não voltas sem trazer
No primeiro raio
Notícias de quem se foi
Numa madrugada amarga e triste
Um navio de prol em riste
Levou tudo que eu guardei
Na caixa escondida dos afectos
No lembrar dos objectos
Que enfeitavam o meu quarto
Tudo perde a cor, a forma, o cheiro
Ficarão só cousas esquecidas Na importancia que tiveram
Volto sempre ao rio às sextas-feiras para lembrar
Dias descuidados, noites à toa
Espero que o navio sempre cá irá
Trazer de volta os sussuros dos teus passos numa rua de Lisboa

Vai,oh! Sol poente..
Vai e não voltas sem trazer no primeiro raio
Notícias de quem se foi
Numa madrugada amarga e triste
Um navio de prol em riste
Levou tudo que eu guardei
Na caixa escondida dos afectos
No lembrar dos objectos
Que enfeitavam o meu quarto
Tudo perde a cor,a forma,o cheiro
Ficarão só cousas esquecidas Na importancia que tiveram
Volto sempre ao rio às sextas-feiras para lembrar
Dias descuidados, noites à toa
Espero que o navio sempre cá irá
Trazer de volta os sussuros dos teus passos numa rua de Lisboa

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mariza no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS