Covardia

Marília Mendonça


Você tem medo de assumir o que sente
De se arriscar e se entregar totalmente
Tô enjoada de escutar suas desculpas
Ficar dizendo que não é sua culpa
Eu quero muito assumir de vez essa paixão
Você insiste em ficar com essa indecisão
Depois meu bem nem vem dizer que eu tô revoltada
Mundo girou, a fila tá desocupada

Refrão
Passou da hora fui tô fora
Chega de enrolação
Tá querendo me amar
Pra que mentir que não
Esse negocio de ficar
Me dando esperança
É covardia palhaçada
Coisa de criança

Quero acabar com esse clima ruim
Melhor crescer e esquecer de me iludir assim
Vai pagar caro por ter feito isso comigo
O jeito é te colocar de castigo
Tá pensando que é fácil assim me ter na mão
Vira homem e assume sua opinião
Você sabe que me quer, que tá gostando
Fica pagando de bandido e me ligando

Refrão
Passou da hora fui tô fora
Chega de enrolação
Tá querendo me amar
Pra que mentir que não
Esse negocio de ficar
Me dando esperança
É covardia palhaçada
Coisa de criança

Letra enviada por Thalles

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marília Mendonça no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS