Cacilda

Maria Bethânia

A Força que Nunca Seca


Com que lábios te beijei
Lábios de amor
Lábios de atriz

Com que lábios eu te quis
Com que chorei e ris
Com que lábios me pintei
Com que lábios fui feliz

E depois nem perguntei
Com que paixão
Deixei levar
Entreguei o coração
Ao turbilhão do mar

Nas lágrimas que derramei de mim para mim
Em espetáculo me dei
Mirei no teu espelho e vi o espelho de ninguém
Mas na lábia pequena em que me descobri
Da boca de cena nasci

Pra grande lábia de viver o gozo de existir
E com você saber enfim que sim
Fingir, fingir, fingir
E atingir o ser da atriz.

Compositor: José Miguel Wisnik

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Maria Bethânia no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS