Canalla (tradução)

Margarita


Scoundrel


Um jogo louco um lírio disse

preciso viver com você, e quase reviendo

Quem sabe o que tudo o que eu juro que eu queria morrer


Eleve seu rosto, não finja surpresa

O que você diz? Vi-me

Y não são fantasmas que você já viu com outra

não entendo o que você quer de mim!


Scoundrel, eu não quero nem vê-lo, Vampira

Jugaste amo duplex

Com um sorriso e outro fingindo amar

Scoundrel, eu não quero nem vê-lo, Vampira

Não coloque uma casa pé Nesta!

Sem confusão não manches ar minha vida

melhor você me deixar!


Eleve seu rosto, não finja surpresa

O que você diz? Vi-me

Y não são fantasmas que você já viu com outra

não entendo o que você quer de mim!


Scoundrel, eu não quero nem vê-lo, Vampira

Jugaste amo duplex

Com um sorriso e outro fingindo amar

Scoundrel, eu não quero nem vê-lo, Vampira

Não coloque uma casa pé Nesta!

Sem confusão não manches ar minha vida

melhor você me deixar!


Scoundrel!


Sabroso


Não quero vê-lo novamente, eu não faço mais

Desde que você não pode ficar para me dar de presente

Não quero vê-lo novamente, eu não faço mais

Porque você nunca foi sincero


Scoundrel!

Você me zombaram você!

Scoundrel!

eu já não te amo!

Scoundrel!

Pende de mim!

eu já não te amo!


Scoundrel, eu não quero nem vê-lo, Vampira

Jugaste amo duplex

Com um sorriso e outro fingindo amar

Scoundrel, eu não quero nem vê-lo, Vampira

Não coloque uma casa pé Nesta!

Sem confusão não manches ar minha vida

melhor você me deixar!


Diga que serve, o lixo!

Scoundrel!

Canalla


Un juego de locos, un contó de lirio,

Preciso vivir junto a ti, y casi reviendo,

A saber lo todo te juro me quise morir.


Levanta la cara no finjas asombro.

¿Que dices? Yo misma te vi.

Y no son fantasmas te ha visto con otras,

¡No entiendo que quieres de mí!


Canalla, No quiero ni verte, Canalla,

Jugaste el amor a dos caras

Con una sonriendo y con la otra fingiéndome amor

Canalla, No quiero ni verte, Canalla,

¡No pongas un pie nesta casa!

No ensucias el aire no manches mi vida,

¡Mejor que te vayas de mí!


Levanta la cara no finjas asombro.

¿Que dices? Yo misma te vi.

Y no son fantasmas te ha visto con otras,

¡No entiendo que quieres de mí!


Canalla, No quiero ni verte, Canalla,

Jugaste el amor a dos caras

Con una sonriendo y con la otra fingiéndome amor

Canalla, No quiero ni verte, Canalla,

¡No pongas un pie nesta casa!

No ensucias el aire no manches mi vida,

¡Mejor que te vayas de mí!


¡Canalla!


Sabroso


No quiero verte más, no te soporto más,

Ya no te aguanto me dé lejos.

No quiero verte más, no te soporto más,

Porque tú nunca fuiste sincero.


¡Canalla!

¡Tú te burlaste de mí!

¡Canalla!

¡Ya no te quiero!

¡Canalla!

¡Pende de mi lado!

¡Ya no te quiero!


Canalla, No quiero ni verte, Canalla,

Jugaste el amor a dos caras

Con una sonriendo y con la otra fingiéndome amor

Canalla, No quiero ni verte, Canalla,

¡No pongas un pie nesta casa!

No ensucias el aire no manches mi vida,

¡Mejor que te vayas de mí!


Dilo que lo sirve, ¡para basura!

¡Canalla!

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS