Noite Negra

Marcos Ungaretti


NOITE NEGRA dez./1998

NA SOMBRA DA NOITE,
EU VI O TEU CORPO,
VESTIDO DE PELOS,
DESPIDO DE SI.
FIQUEI BEM QUIETINHO,
TENTANDO ESCUTAR,
CUIDANDO DEMAIS,
PRA NÃO PERDER TUA VOZ.

MISTUREI TUA INFÂNCIA,
COM GOSTO E DESEJO,
CHEIREI O TEU CORPO,
FIZ MEU SONHO ACORDAR.

SOLTA NO ESPAÇO,
PRA QUEM CARREGAR,
LINDA NOITE NEGRA,
VIVA LUZ DE FINO FEIXE,
NEGRA LUZ QUE NINGUÉM VÊ.

NÃO ME SEI,
MAS TE SEI,
E ME SABES,
E TE SABES...

DESERTAS RUAS,
ALMAS NUAS,
PERDIDAS EM CORPOS,
DESGARRADOS.
CAMINHAS POR ELAS,
MEU FANTASMA EM NEGATIVO,
FUGINDO DA LUZ,
EU VOU TE ENCONTRAR.

NOITE NEGRA,
TUA CASA,
E TEU CORPO,
É O MEU LAR.
NOITE NEGRA,
ANTI-MATÉRIA,
BURACO NEGRO,
ME SEPARA DE MIM,
E ME SUGA PRA SÍ.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Marcos Ungaretti no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS