Página inicial > MPB > M > Marcos Sabino > Meia-Noite, Baby

Meia-Noite, Baby

Marcos Sabino


É jogo de azar
Telepatia
E dose nuclear
À revelia

Uma missão sobrenatural
Quase impossível
Uma visão real
Fazendo o coração ser cruel

Meia-noite, baby
Não dobram os sinos
Leia nas paredes
O nosso destino

É anjo marginal
É rebeldia
É o prazer total
Da hipocrisia

Uma ficção entre o bem e o mal
Na profecia
Uma visão real, fazendo
O coração ser cruel

Compositor: Marcos Sabino / Dalto

Letra enviada por Anderson Guerke

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcos Sabino no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS