Marcos e Belutti
Página inicial > Sertanejo > M > Marcos e Belutti > Pot-Pourri: Tudo no Olhar/ Sem Me Controlar/ Perdoa Amor

Pot-Pourri: Tudo no Olhar/ Sem Me Controlar/ Perdoa Amor

Marcos e Belutti

Acústico


Faça de conta que você nasceu
Com o seu coração reservado pro meu
Que eu falo a verdade sem hesitar
Menina eu nasci só pra te amar

Olhe nos meus olhos
Veja o que eu estou sentindo
Eles dizem muitas coisas
Mesmo se estou mentindo

Contam meus segredos pra você
Falam coisas que eu nem sei falar
E quando tudo quero te esconder
Fecho os olhos pra não te contar

Faça de conta que você nasceu
Com o seu coração reservado pro meu
Que eu falo a verdade sem hesitar
Menina eu nasci só pra te amar

A carne é fraca, não sou de lata
O corpo pede e vou obedecer
É meu instinto, tudo o que sinto
Eu vou em busca do que dá prazer

Me deixei levar
Ah foi de momento
Não foi sem querer
Percebi no ar
Aquele cheiro
Que vem pra me enlouquecer

Sem me controlar
Te pego, te abraço
Te beijo na boca
Você se segurando
Me diz não ser louca
Quer ter tudo no seu tempo
Tudo num certo momento
Ai ai ai

De todas as loucuras
Que fiz na minha vida
A maior foi deixar você
Você bem que avisou
O bobo aqui ficou sozinho
Querendo te ver

Você se foi
Já faz muito tempo
Que eu estou sofrendo
Ainda continuo te querendo
E essa vontade de você
Aumenta mais e mais a cada dia

Coração que chora
Dor que não melhora
Solidão castiga
O peito toda hora
E a minha consciência
Me faz ver que eu errei
Naquele dia

Perdoa amor! Perdoa amor!
Perdoa e volta pra mim
Perdoa amor! Perdoa amor!
Não da mais pra viver assim

Perdoa amor! Perdoa amor!
Perdoa e volta pra mim
Perdoa amor! Perdoa amor!
Não da mais pra viver assim

De todas as loucuras
Que fiz na minha vida
A maior foi deixar todos vocês

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcos e Belutti no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS