Inferno

Marco Zero


Todo dinheiro que ele roubou
Gente humilde que ele usou
Ele quer vencer de qualquer forma
Prometeu pão, desviou milhÔes
Lavou as mãos, comprou mansÔes
Agora eu quero o que Ă© meu

Agora quero ler sua sentença
(Meu o que Ă© meu, pra mim, o que Ă© meu)

Ouçam vozes
Até quando ele vai manter seu egoísmo?
Quando morrer, ele quer levar tudo consigo?
E quando nĂłs formos importantes com os ricos
E até quando ele vai viverm quantos ele vai...
Matar

Agora quero ler sua sentença
(Meu o que Ă© meu, pra mim, o que Ă© meu)

Compositor: NenĂȘ

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Marco Zero no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS