O Travesseiro

Marcio Greyck

No Tempo, No Ar e No Coração...


Foi pra não ficar aqui sozinho
E fazendo certas coisas
Que eu já fazia sem sentir
Foi pra não cair no desespero
E querer fugir da vida
Sem saber pra onde ir

Foi pra não entregar ao travesseiro
Todo pranto que meu corpo tem pra me suprir
E foi por esse amor que doi no peito
E me pertence por direito
Que agora estou aqui

Foi pra não ficar sozinho
Que eu tentei qualquer caminho pra não fugir da solidão
Foi porque eu via em cada rosto
E em cada corpo o mesmo corpo
E o mesmo rosto que eram teus
Foi para acabar com essa agonia
Se sonhar até de dia
Procurando me iludir
Que eu tentei achar o teu suor
O teu calor e o teu perfume
Em nosso quarto de dormir

Mas o travesseiro não abraça
Não conversa e não responde não substitui você
E assim depois que cada noite passa
Entra sol pela vidraça e eu desperto sem te ver
muito mais me dói a realidade toda vez que essa saudade
vem meu resto consumir e foi por essa dor por esse amor descontroldo E foi por tudo isso e tantas coisas mais

Foi pra não ficar aqui sozinho
E muito mais me doi a realidade
Toda vez que essa saudade
vem meu rosto consumir
E foi por essa dor
Por esse amor desconsolado
Que eu tentei... tantas coisas mais
Mas o travesseiro não abraça
Não coversa e não responde
Não substitui você...

Compositor: Cury-Fatha-C.pedro

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcio Greyck no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS