Página inicial > Sertanejo > M > Marciano > Suave A Noite

Suave A Noite

Marciano

Meu Ofico É Cantar


É tão calma a noite
A noite é de nós dois
Ninguém amou assim
Nem há de amar depois
Quando o amanhã nos separar
Em nossa lembrança hão de ficar
Beijos de verão, ternuras de luar
A brisa a murmurar sua canção
Tudo tem suave encanto
Quando a noite vem
A noite é só nossa
No mundo não há mais ninguém

Beijos de verão, ternuras de luar
A brisa a murmurar sua canção
Tudo tem suave encanto
Quando a noite vem
A noite é só nossa
No mundo não há mais ninguém

Compositor: Paul Francis Webster/Sammy Fain - Versão: Nazareno De Brito

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marciano no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS