Porta Aberta

Marchinhas de Carnaval


Pela por aberta,
De um coração descuidado,
Entrou um amor em hora incerta,
Que nunca deveria ter entrado,
Chegou, tomou conta da casa,
Fez o que bem quis e saiu,
Bateu a porta do meu coração,
Que nunca mais se abriu,
E por isso.

Por isso, a nostalgia tomou conta de mim,
Mas um amigo, percebeu e disse assim,
Para que tanta tristeza, rapaz,
Acabe com ela,
Vem comigo conhecer a Portela, a Portela,
Um fenômeno que não se pode explicar,
Portela, Portela uma corrente,
Faz a gente, sem querer, sambar,
É ela, é ela, o novo amor a quem eu,
Quero me entregar,
O samba fez milagre, reabriu meu coração,
Para a Portela entrar.

O samba fez milagre, reabriu meu coração,
Para a Portela entrar.
E por isso....

Letra enviada por felpcnep

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marchinhas de Carnaval no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS