Nostalgia

Marchinhas de Carnaval


Quem passa, na beira,
Daquela estrada,
Vê uma casa abandonada,
Onde a felicidade já morou.
Hoje, só existe nostalgia,
No lugar da alegria,
Está morando a minha dor.

Até o cano d'água furou
a roseira que era tão linda murchou
desde o dia em que meu bem,
Me abandonou,
Vivo cantando uma triste,
Canção de amor.

Lara, lara,
Lara, lara,
Lara, lara, lara, lara, lara, lara.

Letra enviada por felpcnep

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marchinhas de Carnaval no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS