Sonho

Marcelo Torca


SONHO

Numa dessas noites sonhei
Haviam dizeres
Na lápide que avistei
“Aqui jaz o Poderoso Rio Paraná”
Tamanho susto levei
Não poderei mais nadar
Nas praias doces
Nem poderia avistar
As aves pescando os peixes

Rio Paraná
De águas rebeldes
De praias serenas
Num pôr de Sol se desfez

Haveria explicação
Para tamanha façanha
Só a poluição
Teria a condição
De impedir o fluxo das águas

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcelo Torca no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS