Invernos

Marcelo Junckes


Invernos


A meia luz escrevo retalho censuro sem saber
Nem vou lembrar do tempo dessa vontade de querer
De viver a teu lado por toda a eternidade

Os mares revoltos me querem levar
Além da tristeza, muito além do cantar
Mas não me deixe esfriando
Nessa indecisão tão vil
Me pego infantil quando penso em você

Dizem os sábios já não sei mais de mim
Você chegou sem aviso e me deixou assim
Perdido sem rumo feito cão vadio
Outrora tão frio como em uma noite de verão
O mundo parecia meu
Agora estou em suas mãos
Mas não penso em lutar não
Não penso em lutar
Quando o inverno chegar
Espero ainda ter coração

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcelo Junckes no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS