Página inicial > M > Marcelo Junckes > Flor de Janeiro

Flor de Janeiro

Marcelo Junckes


Flor de janeiro

Tolo de mim
Que insisto em te fazer estrela
Quando és todo o infinito.

Tolo de mim
Não ver tua beleza refletir
Até no fosco dos meus olhos

Tolo de mim
Não ver tua vontade de ser simples
Como as rosas do jardim

Mas rosas não te podem explicar

Vida de pouca vida
Beirando quase a escravidão
Vida de amores insolúveis, passageiros imortais.

Longe do mar,
Longe das pedras que escrevemos de batom
O refrão de algum poema vagabundo

Você quis me provocar
Só pra saber se o meu instinto te agradava
Como uma canção que fiz e que falava de nos dois

Contamos estrelas esperamos para ver o amanhecer
Fizemos alguns planos te contei meus desenganos
Você me fez esquecer

Longe dali, Onde nada me distrai finjo viver
Incerteza de fazer verão como antes

Você jurou por um segundo, sempre ficar no meu mundo
Malditos anjos te levaram de mim
Cedo demais.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcelo Junckes no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS