De Graça

Marcelo Jeneci

De Graça


Não venha me dizer
Que a conta é uma só
ÓÓ ÓÓ

Você não aprendeu
Como desata o nó
ÓÓ ÓÓ

Livre-se do laço
Solte-se no espaço
Abra os braços e o coração

Sentir o sol te acordar
Bem de manhã
Quem acha pra comprar?

Viver na pele um grande amor
E o seu calor
Quem acha pra vender?

Uma amizade verdadeira
Ou ir a feira
Só pra conversar

Somando tudo quanto vale pra você?
Uh, uh, uh

Não venha me dizer
Que eu to te enrolando
Dando nó em alguém

A conta é muito fácil
Eu posso comprovar
Já comprovei mais de cem

Um milhão vira trocado
Sem significado
Nem o abonado pode comprar a paz

To te chamando pra acordar
E desfrutar
A graça de viver

Aumente o som devagar
E olhe em volta
Para perceber

Que o bom da vida é de graça
E ache graça
Quem quiser achar

É custo zero e mais valor que eu quero ver

Uh, uh, uh
O melhor da vida é de graça
É de graça

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcelo Jeneci no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS