A Moral

Marcelo Compan


Ultimamente o que eu vejo na Tv não é normal
Guerra inventada, covardia e a crise mundial
O valor da vida humana não ultrapassa o capital
A produção é o que importa, não interessa o lixo ambiental
Evoluí, mas ainda me sinto um antepassado
A destruição é grande parte do legado
E quando escuto que a mãe matou um filho, não é normal
A fome mata num país com tanta riqueza natural
Quem é honesto está preso e fica solto, o marginal
Que a justiça não enxerga o poder e a moral
A moral, amoral, A moral, amoral

Ultimamente o que eu vejo na Tv não pode ser normal
velhas nações enriquecendo às custas do caos
Fazendeiro queimando alimento pro preço não cair
E o imposto pago com dinheiro suado, tantas vezes desviado
Evoluí, mas ainda me sinto um antepassado
A destruição é grande parte do legado
E quando escuto que a mãe matou um filho, não é normal
A fome mata num país com tanta riqueza natural
Quem é honesto está preso e fica solto, o marginal
Que a justiça não enxerga o poder e a moral
A moral, amoral, A moral, amoral
Moral?

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcelo Compan no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS