Página inicial > Samba > M > Marcela Veiga > Menina da Vida

Menina da Vida

Marcela Veiga

Ela


Menina lavadeira, da beira, beira da estrada
Jogada às traças da vida, devora, logo, vomita
Seu jogo apara o fogo, intimida, logo, sucinta
Menina
Com os pés descalços, realça os sonhos da vida
Que gira

Lá de madrugada, ela muda toda sua veste
E se esquece
Do batizado e noivado, todo passado emburrece
Gosta apenas de frases curtas, os detalhes
Não carece
Mulher e o homem são tratados com o valor
Que oferecem

De manhã cedinho, menina já chega em casa
Cansada
Tira um cochilo na sala, acorda para a rabada
Ela diz que não se apresse, o amor amadurece
Tirando sua sandália gastada, sente o chão da
Caminhada
Lá vai menina de novo, fazendo o seu jogo
Ficando no relento
Lá vai menina de novo, fazendo seu jogo
Tirando seu sustento

Letra enviada por Marcela Veiga

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Marcela Veiga no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS