Página inicial > M > ManuBida > O Início

O Início

ManuBida


Acordei 5 da manhã vou me vestir
Então da minha coroa vou me despedir
Por favor não fica triste quando eu partir
Mais essa noite eu não volto aqui
O rap é a meta que eu vou seguir
Tenho que insistir e persistir
Confesso que simplesmente da vontade de desistir
Mas o progresso na minha mente
Diz que eu vou conseguir

É um fato na minha vida se tornando difícil
Estou contornando, mas é apenas o início
Eu vou tentando, parece impossível
É como tentar escalar um precipício
Se esse meu problema não soluciona
Como que meu mundo pode revoluciona
Eu preciso é mesmo me proporciona
Porque eu sou o cara que vai te impressiona
Pois quando eu canta quando eu canta
Até esqueleto no caixão vai se levanta
Cultura rap é uma paixão que vou representa
Todo dia lendo nunca irei me aposenta
Sem preconceito sem se diferencia
É o início o começo dos fatos vou relaciona
Ainda tem muito chão não posso me empolgar
Aminha inspiração sempre quer me levar
Vou deixar a batida fazer meu corpo soltar
Vou escutar críticas, ou apenas relevar
Eu nunca disse poderia ou conseguiria
Talvez uma mulher bonita me cegaria
Talvez a minha voz até alguém negaria
Eu falo é pro luxo e para periferia
Não lanço poesia nem filosofia
Só o avanço dessas notas que me influencia
Quem te prometeu que te ajudaria
Depois deixou na mão, é quem diria
Então meu rap é uma espécie de terapia
É por isso que quando eu canto até te arrepia e vicia

Acordei 5 da manha vou me vestir
Então da minha coroa vou me despedir
Por favor não fica triste quando eu partir
Mais essa noite eu não volto aqui
O rap é a meta que eu vou seguir
Tenho que insistir e persistir
Confesso que simplesmente da vontade de desistir
Mas o progresso na minha mente
diz que eu vou conseguir

Não que seja algo que eu tenha que te prova
Porém minha música e meu talento vou te mostra
A melodia do momento estou a demonstra
De sangue e de fúria vou logo trovoar
Aqui é minha música nela você pode voar
Ao passado nunca vou volta
Já cansei desse medo me seguir
Já cansei de um zé ninguém tenta me impedir
Não da pra fingir que não estou nem ai
Sou aquela ferida que vai te afligir
Pois a minha batalha não está destruída
Minhas letras são balas que vão te atingir
Ou simplesmente na sua casa uma granada perdida
Isso não é nada que eu fiz para te confundir
Mais em alguma temporada ela vai explodi
É por isso que eu não ando preocupado
Já que estou nisso é bom eu me sentir ocupado
Eu curto e escuto todas as lendas musicais
Eu não mudo, meu escudo são raps nacionais
Nada chato apenas um fato
Deixa eu manda o meu papo
Para quem desistiu se levante não seja baixo
Faça o que eu digo, não faça o que eu faço
O meu incentivo te tira do fracasso
Tenho fé em você se torne um astro
Seja no futebol, no rap, no surf e no teatro

Acordei 5 da manha vou me vestir
Então da minha coroa vou me despedir
Por favor não fica triste quando eu partir
Mais essa noite eu não volto aqui
O rap é a meta que eu vou seguir
Tenho que insistir e persistir
Confesso que simplesmente da vontade de desistir
Mas o progresso na minha mente
diz que eu vou conseguir

Que as portas fechadas sirvam de experiência
Que as cordas vocais sejam a melhor tendência
Falam pra mim: - cuidado com desavenças
Pessoas erradas geram iguais doenças
Eu sei do meus atos
De amor estou escasso
Não sai na rua pra distribuir abraços
Este é o meu dom acumulado
Nunca calado
Tenho amigos ao meu lado
Que dizem: -vai canta, vai canta
Mas quando cair o importante é quem me levanta
Qualquer pessoa errada eu posso espanca
Esse sonho de mim ninguém vai arranca
Minha música com certeza te faz pirar
Eu sou aquele oxigênio que te faz respirar
Não vou me desperdiçar
Agora em paz vou descansar

Letra enviada por ManuBida

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a ManuBida no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS