As Musas

Mansão Silva


As musas são sempre belas à noite
Até que a paciência acabe
A rapidez lenta do tempo
Transtorna o seu destino, invade
As musas podem antever o perigo
De a noite se acabar mais cedo
E todo encontro aguardado em pé
Denunciar os seus segredos

As máquinas da sorte avançam
Os sinais vermelhos
Solidão e complitude
Num jogo de espelhos

As musas são sempre belas à noite
Mesmo que a paciência acabe
A rapidez lenta do tempo
Transtorna o seu destino, invade
As musas podem antever o perigo
De a noite se acabar mais cedo
E todo encontro aguardado em pé
Denunciar os seus segredos

E o coquetel de amores mansos
Tão borbulhantes
Da razão de seu descaso
Ao rogo de amantes

Compositor: Helvo/ Penna

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mansão Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS