Página inicial > Rap > M > ManoPexe > Indigente

Indigente

ManoPexe


Sou um indigente, aparentemente resistente
A todo esse mal que infecta o ambiente
Diz que quer me proteger, se coloca em meu lugar
Por mais que olhasse com meus olhos não iria adiantar

Não iria entender não basta ver pra perceber
Não iria entender se quer saber vem conhecer
Não iria entender se me sente então pode crer
A visão da paz que aqui me traz está dentro de você

Se lembre quem você era
Antes do mundão te dizer como é que deve ser
O sol entrava pela janela
Amarelava o dia bora pro role
Pro role, pro role, bora pro role aí!
Bora curtir se entregar, canta e dança aí!

Eu trago a calma na comigo e amor
Desejo gera a ansiedade e rouba paz interior
Tudo que faço é o que sempre fiz
Na caminhada nada além do que me faz feliz

Eu vou eu busco o que eu preciso
Encontro no olhar encontro no sorriso
De quem deita do meu lado no gramado e sente
Que viver é alegria o suficiente

Eu encontrei o que me satisfaz
Na calmaria de onde assopram os ventos da paz
Longe de toda essa confusão
Toda essa falsa ideologia e manipulação

Letra enviada por ManoPexe

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a ManoPexe no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS