• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Salve, vale do Itajaí!
    Meu pedaço de terra humildade vale do Itajaí
    Não é diferente a insistente desigualdade
    De quem enxerga mil tretas trombetas sem necessidade

    E a lua não mais encanta e o sol perde o esplendor
    Universo obstruído por único valor
    Bem sucedido levando a vida que sempre quis
    então me diz
    Porque você não é feliz?

    Bem sucedido não é quem nada no dinheiro
    Mas sim quem na ausência dele, não entra em desespero

    Há, não é preciso de analista
    Pra achar uma solução pra esse mundão da indução materialista, assista
    Na internet ou na Tv
    Gente rica suicida
    Querem saber o porque?
    às vezes é falta de um role
    Com quem soma pra alegrar
    Uma mina de fé, ou um ombro amigo pra chorar
    E a lágrima vai rolar
    E vais continuar lutando
    Se a vida fosse fácil, nos não nascia chorando

    Há milhares de pessoas que convivem nessa terra
    Aceitando o perdão mesmo desejando a guerra

    Cada pessoa num mundo, cada família num universo
    Que por falta de acesso morrem sem nenhum progresso
    Experiências que superam o absurdo
    Seja incrível ou terrível se acostumamos com tudo

    Hoje você chora porque errou se arrependeu
    Amanhã você sorri mostrando ao mundo que aprendeu

    Afinal é tipo assim, conselhos não adiantam
    Os que caem por si próprio, são os primeiros que levantam
    E é de praxe repasse o conhecimento e a experiência
    Reflita na realidade evita ilusórias crenças
    Cuidado com o que pensa, tudo é consequência
    Humildade e honestidade não tem aparência

    Não nasceu em berço de ouro tão tem que trabalhar duro
    Não da pra mudar o passado mas da pra mudar o futuro
    Conselho sincero e puro, não construa um muro
    Entre você e o mundo quando uma ponte mais seguro
    Na derrota, na vitória não basta dizer amém
    Um pouco de orgulho próprio nunca fez mal a ninguém
    Antes de amar alguém, aprenda a se amar também
    Se pra te apoiar tem 10, pra te derrubar tem 100

    Inveja, a pior das filha da putagem
    Nunca deixe se levar por esse rio que não tem margem
    É a toa essa viagem, só vai provoca revolta
    É a toa essa viajem, viajem que não tem volta

    Nascer pobre não é desculpa pra não achar outra saída
    Nascer pobre não determina seu estilo da sua vida
    Não nasci em berço de ouro tá ligado que é verdade
    Nasci pobre no dinheiro porém rico na humildade

    E da semente da humildade brota simplicidade
    Que em meio a dificuldade busca do sol da verdade
    Antes que seja tarde, mantenha a serenidade
    Para que seus desejos não virem necessidade

    Importante não é vencer todos os dias da sua vida
    O importante é lutar sempre, e sempre de cabeça erguida
    Gente que puxa pra baixo sempre tem por todo lado
    Melhor triste na derrota, que a vergonha de não ter lutado

    Letra enviada por ManoPexe
    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de ManoPexe

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.