Maná

Ojala Pudiera Borrarte (tradução)

Maná

Exiliados en la Bahía: Lo Mejor de Maná


Quem me dera te apagar


Quem me dera te apagar dos meus sonhos

E poder desdenharte

Quem me dera pudesse te afogar numa poça

Cheia de rosas e amor

Quem me dera esquecerer até do teu nome

Afogá-lo dentro do mar

Quem me dera que teu sorriso de verão

Pudesse se apagar


(Refrão)

Volta coração

Volta ao meu lado

Volta coração

Não volta não volta não volta não


quem me dera que sumisses para sempre da minha vida

Para não voltar a te ver

quem me dera te apagar pelas noites e no dia

Para não voltar a te ver

quem me dera que sumistes dos meus sonhos, vida minha

Para não voltar a te ver

Não, nem em sonhos


Como posso eu esquecer teus beijos vida

Estão tatuados em minha pele

Quero de uma vez por todas te largar

E te apagar do meu ser

quem me dera que a chuva me afogue entre seus braços

Para não pensar em ti

Ou que aconteça um milagre ou que aconteça algo

Que me leve até você


(Refrão)

Volta coração

Volta ao meu lado

Volta coração

Não volta não volta não volta não


Quem me dera que sumas para sempre da minha vida

Para não voltar a te ver

Quem me dera te apagar pelas noites e no dia

Para não voltar a te ver

Quem me dera que sumas dos meus sonhos, vida minha

Para não voltar a te ver

Tomara que a chuva me afogue em teus braços

Para não voltar a te ver

Não, nem em sonhos

Pra que pare de chover


Sonhos, sonhos, oh oh oh sonhos

Ojala Pudiera Borrarte


Ojalá y te me borraras de mis sueños

Y poder desdibujarte

Ojalá y pudiera ahogarte en un charco

Lleno de rosas y amor

Ojalá y se me olvidara hasta tu nombre

Ahogarlo dentro del mar

Ojalá y que tu sonrisa de verano

Se pudiera ya borrar


(Coro)

Vuelve corazón

Vuelve a mi lado

Vuelve corazón

No vuelve, no vuelve, no vuelve, no


Ojalá y te me borraras para siempre de mi vida

Para no volverte a ver

Ojalá y te borraras por las noches en el día

Para no volverte a ver

Ojalá y te me esfumaras de mis sueños, vida mía

Para no volverte a ver

No, ni en sueños


Cómo puedo yo borrar tus besos vida

Están tatuados en mi piel

Quiero de una vez por todas, ya largarte

Y borrarte de mi ser

Ojalá y la lluvia me ahogue entre sus brazos

Para no pensar en ti

O que pase un milagro o pase algo,

Que me lleve hasta ti


(Coro)

Vuelve corazón

Vuelve a mi lado

Pero no, no, no, no vuelve corazón

No vuelve no vuelve no vuelve no


Ojala y te me borraras para siempre de mi vida

Para no volverte a ver

Y ojala y te me borraras por las noches en el dia

Para no volverte a ver

Y ojala y te me esfumaras de mis sueños vida mía,

Y que no me lluevas más

Y ojala y que la lluvia me ahogue entre sus brazos,

Para no volverte a ver, no

Ni en sueños

Pa' que pares de llover


Sueños, sueños, oh oh sueños

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS