Maná

Labios Compartidos (tradução)

Maná

Exiliados en la Bahía: Lo Mejor de Maná


Labios Compartilhados


Meu amor

Se estou embaixo do vai e vem de tuas pernas

Se estou perdido num vai e vem de quadris

Isto é o céu, é meu céu


Amor fugido

Me pega, me deixa, me aperta e me atiras de lado

Te vais a outros céus e regressas como um beija-flor

Me tens como um cachorro a teus pés


Outra vez minha boca insensata

Volta a cair em tua pele

Volta a mim tua boca e me provoca

Volto a cair de teus peitos a teu par de pés


Compartilhar teus beijos, lábios compartilhados!

Lábios divididos meu amor

Eu não posso compartilhar teus lábios

Compartilho o engano

Compartilho meus dias e a dor

Já não posso compartilhar teus lábios

Oh amor, oh amor, compartilhado


Amor mutante

Amigos com direito e sem direito de ter-te sempre

E sempre tenho que esperar paciente

O pedaço que me sobra de ti

Relâmpagos de álcool

As vozes sozinhas choram no sol hee!

Minha boca em chamas torturada

Te despes anjo, e logo te vais


Outra vez minha boca insensata

Volta a cair em tua pele de mel

Volta a mim tua boca, dói

Volto a cair de teus peitos a teu par de pés


Compartilhar teus beijos, lábios compartilhados!

Lábios divididos meu amor

Já não posso compartilhar teus lábios

Compartilho o engano, Compartilho meus dias e a dor

Já não posso compartilhar teus lábios

Que me parta um raio

Que me enterre no esquecimento, meu amor!

Mas não posso mais compartilhar teus lábios

Compartilhar teus beijos, lábios compartilhados!


Te amo com toda minha fé sem medida

Te amo ainda que estejas dividida

Teus lábios têm o controle


Te amo com toda minha fé sem medida

Te amo ainda que estejas dividida

E segues tu com o controle

Labios Compartidos


Amor mio

Si estoy debajo del vaivén de tus piernas

Si estoy hundido en un vaivén de caderas

Esto es el cielo, es mi cielo


Amor fugado

Me tomas, me dejas, me exprimes y me tiras a un lado

Te vas a otros cielos y regresas como los colibris

Me tienes como un perro a tus pies


Otra vez mi boca insensata

Vuelve a caer en tu piel

Vuelve a mi tu boca y provoca

Vuelvo a caer de tus pechos a tu par de pies


Labios compartidos

Labios divididos mi amor

Yo no puedo compartir tus labios

Y comparto el engaño

Y comparto mis dias y el dolor

Ya no puedo compartir tus labios

Oh amor oh amor compartido


Amor mutante

Amigos con derecho y sin derecho de tenerte siempre

Y siempre tengo que esperar paciente

El pedazo que me toca de ti

Relampagos de alcohol

Las voces solas lloran en el sol

Mi boca en llamas torturada

te desnudas ángelada y luego te vas


Otra vez mi boca insensata

Vuelve a caer en tu piel de miel

Vuelve a mi tu boca duele

Vuelvo a caer de tus pechos a tu par de pies


Labios compartidos

Labios divididos mi amor

Ya no puedo compartir tus labios

Que comparto el engaño y comparto mis dias y el dolor

Ya no puedo compartir tus labios

Que me parta un rayo

Que me entierre en el olvido, mi amor pero no puedo mas

Compartir tus labios...compartir tus besos

Labios compartidos


Te amo con toda mi fe, sin medida

Te amo aunque estes compartida

Tus labios tienen el control


Te amo con toda mi fe, sin medida

Te amo aunque estes compartida

Y sigues tu con el control


Compositor: Fernando Olvera

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS