Página inicial > M > Mana Black > Pisando no Ego

Pisando no Ego

Mana Black


Negra forte rapper
olha só onde eu tô
Pisando no ego
De quem nunca acreditou

Em vez de virar pra mim
E criticar minha cor
Vai pregar igualdade, perdão e mais amor


Meu cabelo, minhas roupas
Meu estilo criticou
Chegar aqui nunca foi fácil
Eu sofri mas dei valor

Escurinha, negrinha
Cabelo ruim e pretinha
No corredor da escola
Sempre foi mais que piadinha

É com black, com afro
Trancinha, alisado
Meu cabelo é meu símbolo
Identidade e legado

Ônibus lotado
governo mais corrupto
Julgada pela cor
Nunca pela atitude

É na rua, na esquina
E até mesmo nos becos
Vencer na vida é burocracia
Se você nasceu preto

Há tanta pobreza
Pra nós nesse mundo
Tanta gente vivendo em buraco
Sofrendo no escuro

Sem roupa pra vestir
Sem ter o que comer
Pegando no lixo
o que precisa pra viver


Mas desde Martin Luther King
Eu sei o que é um sonho
Direitos iguais
No teu racismo eu dou um banho


Negra forte rapper
Olha só onde eu tô
Pisando no ego
De quem nunca acreditou

Em vez de virar pra mim e
criticar minha cor
Vai pregar igualdade, perdão e mais amor

Negra forte rapper
Olha só onde eu estou
Pisando no ego
De quem nunca acreditou

Quanta cultura
Meu povo já originou
Não vem me falar
Que isso não tem valor

Isso é muito forte
Mas eu tenho que falar
Quantos negros vão morrer
Pro sistema se safar?

Já entrou numa loja
E se sentiu perseguido?
Sendo negra pra muita gente
Eu sou sinal de perigo

Da muita tristeza
Falar em genocídio
Ver uma mãe negra
Chorar no caixão de seu filho

Quanto sofrimento
O meu povo já viveu
Escravidão naquela época
Quanta dor não mereceu

Salve heroína Dandara
Ela merece palmas
Líder guerreira
Deixou varias marcas

Já vejo uma evolução
No modo de pensar
Daqueles que sempre
Apontavam o dedo pra julgar


Desigualdade racial
Que ainda continua
Todo dia tem um preto
Morando na rua

Mas Levanta a cabeça
Não pare de lutar
Acredita no futuro
Cê ainda vai reinar


Negra forte rapper
Olha só onde eu tô
Pisando no ego
De quem nunca acreditou

Em vez de virar pra mim
E criticar minha cor
Vai pregar igualdade, perdão e mais amor


Negra forte rapper
Olha só onde eu tô
Pisando no ego de quem nunca acreditou

Quanta cultura
meu povo já originou
Não vem me falar
Que isso não tem valor

Letra enviada por Wesley Brito

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Mana Black no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS