• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Ela adora me odiar, não me dá trela não
    Se desespera e depois come na minha mão
    Se faz de santa, mas é só pra me afrontar

    Mulher insana, quer causar meu fim
    Se chego, ela derrete, se perde pra mim
    Entre quatro paredes nosso caos exala perdição

    E perde a linha e a compostura, só falta o juízo, me
    usa e abusa
    Se tua respiração te acusa, a química fluiu, é hora de
    se entregar
    E se aventurar...

    Já que me provocou, agora aguenta até o fim, só pra me
    descontrolar
    E ela me enfeitiçou, eu posso te roubar pra mim, não
    vai querer se enganar
    E no veneno eu quero te encontrar
    Vou entrar na tua mente, até te provar que já não vai
    viver sem mim
    Pois com você, eu vou até o fim

    Finge ser discreta mas depois já vai se abrir
    Se quer sair de órbita, é só me abduzir
    Em universo paralelo, em qualquer outra dimensão
    Convite tentador
    Sei que meu passado condena, eu sou o erro que
    solucionou o teu problema
    Aprende o kamasutra que eu alivio a sua tensão

    E perde a linha e a compostura, só falta o juízo, me
    usa e abusa
    Se tua respiração te acusa, a química fluiu, é hora de
    se entregar
    E se aventurar...

    Já que me provocou, agora aguenta até o fim, só pra me
    descontrolar
    E ela me enfeitiçou, eu posso te roubar pra mim, não
    vai querer se enganar
    E no veneno eu quero te encontrar
    Vou entrar na tua mente, até te provar que já não vai
    viver sem mim
    Pois com você, eu vou até o fim

    O jogo começou, eu entro em pane, agora o que era mais
    puro, ferve e fica infame
    À noite eu vou despir tua roupa, eu entro em transe,
    quero te experimentar já sem apego, e sem romance
    Você fez do jeito que do céu me desencaminhou
    Ela é ninfo, sex simbol, ela que me devorou
    Mas quando aperta o play, sei que eu sou mais jogador
    com sede de aprendiz e malícia de professor

    Já que me provocou, agora aguenta até o fim, só pra me
    descontrolar
    E ela me enfeitiçou, eu posso te roubar pra mim, não
    vai querer se enganar
    E no veneno eu quero te encontrar
    Vou entrar na tua mente, até te provar que já não vai
    viver sem mim
    Pois com você, eu vou até o fim

    Será sempre assim, pois com você eu vou até o fim

    Será sempre assim, pois com você eu vou até o fim

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Malhação

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.