Página inicial > Gótico > M > Maldita > Solvente

Solvente

Maldita


Tem um ninho de serpente no peito dela
Tem partes femininas minhas do jeito dela
Ela é um contorno, um pefaço de inferno na terra
Em nome do pai, do filho, espírito santo,ela vai a merda

Dente por dente,
Olho por olho,
Ponha seu corpo torto dentro do meu
Dente por dente,
Olho por olho,
Ponha seu corpo torto dentro do meu

Deixo na marca na pedra era o corte que eu sei
que na pele dela que eu sei que nunca nunca vai vai cicatrizar

Ponha seu corpo dentro do meu
Concerte essa maquina que prega
Eu olho pra você tentando me entender,
E eu não vejo nada

Suas roupas espalhadas em um ninho de cobras

Seu corpo derrete meu rosto feito solvente
Por dente
Olho por olho
Tudo por você que nem me odeia

Ponha seu corpo dentro do meu
Conserte essa maquina que prega
Eu olho pra você tentando me entender,
E eu não vejo nada
E eu não vejo nada
E eu não vejo nada

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Maldita no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS