Página inicial > Gótico > M > Maldita > Ordinário

Ordinário

Maldita


Nos centros da cidade em busca da iluminação
Vagando totalmente perdido, me perco na escuridão
Todas as vidas que você viveu estão aqui comigo
Todas as chances que você perdeu
não tornarão a se repetir

É um mundo ordinário
Esse é um mundo ordinário

E você não vai ir embora
Vai ficar sozinho com a sua arrogância
E as luzes coloridas

O mundo é um lugar sombrio
e estes são tempos modernos
A vaidade e a competição alimentam o nosso grande ego

Todos os erros que eu cometi, tornarão a se repetir
Todas as promessas que eu não cumpri
retornarão para mim
Como uma criança

É um mundo ordinário
Esse é um mundo ordinário

Alguns vão voando
outros rastejando
Eu vou descendo as ruas
Eu vou em busca da cura

Todas as suas vidas
Todas vidas

Letra enviada por Leandro Saueia

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Maldita no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS