Coagula

Maldita


Lua de ferro da meia noite
antecipada ela é sua rainha
amantes, monstros, homens e mulheres
nenhuma espada te toca esceto pela minha

Que te cortou em pequenas partes, e quis te alimentar
mas voce não estava lá! quase nada
sua puta desgraçada.

Voce quer meu sangue, sangue coagulado
te dou meu sangue, sangue coagulado
"Não se preocupe, se voce fosse eu, voce também se odiaria
Vá em frente, dentro de um sonho
Há outros cinco que te esperam."

Voce agóra aceite os meus defeitos
por que essa noite, eu me transformei.
uma menina... tres meninas...
Não ha conta para minha chacina.

Voce não estava lá! quase nada
sua puta desgraçada.

Voce quer meu sangue, sangue coagulado
Te dou meu sangue, sangue coagulado
"Não se preocupe, se voce fosse eu, voce também se odiaria
feche os olhos para não ter a visão
de um mundo superior"

Tem algo errado que acontece comigo nessas horas tem algo errado
que eu sei que vai sempre acontecer, tem algo errado que acontece comigo
voce não sabe tem algo errado comigo e eu sei que é algo com voce

Só voce que me deixa assim.
só voce que me deixa assim.

Eu te cortei em pequenas partes que é para ninguém te encontrar

Compositor: Erich Mariani

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Maldita no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS