Desde Mi Cielo (tradução)

Mago de Oz


Do Meu Céu


agora que está tudo em silêncio

e que a calma me beija o coração

quero dizer adeus a você

porque chegou a hora

de seguir o caminho sem mim

há tanto o que viver

não chores, céu, e volte a apaixonar

me encantaria voltar a te ver sorrindo


mas minha vida

eu nunca poderei esquecê-la

e só o vento sabe

o que tens sofrido por amar-me

há tantas coisas

que nunca te disse em vida

que és tudo que eu amo

e, agora que já não estou junto a ti,

cuidarei de você daqui


eu sei que a culpa aborrece você

e sussurra ao ouvido: "eu poderia ter feito melhor"

não há nada o que censurar

já não há demônios

no fundo do cristal

e só bebo

todos os beijos que não te dei


mas minha vida

eu nunca poderei esquecê-la

e só o vento sabe

o que tens sofrido por amar-me

há tantas coisas

que nunca te disse em vida

que és tudo que eu amo

e agora que já não estou junto a ti

vivo cada vez que falas de mim

e morro outra vez se chorar

já compreendi que devo aproveitar

e sou feliz


não chores, céu

e volte a apaixonar

nunca me esqueça

eu tenho que ir


mas minha vida

eu nunca poderei esquecê-la

e só o vento sabe

o que tens sofrido por amar-me

há tantas coisas

que nunca te disse em vida

que és tudo que eu amo

e agora que já não estou junto a ti


do meu céu

eu te envolverei na noite

e te embalarei em seus sonhos

e espantarei todos seus medos

do meu céu

te esperarei escrevendo

não estou só, pois

a liberdade e a esperança cuidam de mim

eu nunca lhe esquecerei.

Desde Mi Cielo


Ahora que está todo en silencio

Y que la calma me besa el corazón

Os quiero decir adiós

Porque ha llegado la hora

De que andéis el camino ya sin mi,

Hay tanto por lo que vivir

No llores cielo y vuélvete a enamorar

Me gustaría volver a verte sonreír


Pero mi vida

Yo nunca podré olvidarte

Y sólo el viento sabe

Lo que has sufrido por amarme

Hay tantas cosas

Que nunca te dije en vida

Que eres todo cuanto amo

Y ahora que ya no estoy junto a ti

Te cuidaré desde aquí


Sé que la culpa os acosa

Y os susurra al oído: “pude hacer más”

No hay nada que reprochar

Ya no hay demonios

En el fondo del cristal

Y sólo bebo todos los besos

Que no te di


Pero mi vida

Yo nunca podré olvidarte

Y sólo el viento sabe

Lo que has sufrido por amarme

Hay tantas cosas

Que nunca te dije en vida

Que eres todo cuanto amo

Y ahora que ya no estoy junto a ti

Vivo cada vez que habláis de mi

Y muero otra vez si lloráis

He aprendido otra vez a disfrutar

Y soy feliz


No llores cielo

Y vuélvete a enamorar

Nunca me olvides

Me tengo que marchar


Pero mi vida

Yo nunca podré olvidarte

Y sólo el viento sabe

Lo que has sufrido por amarme

Hay tantas cosas

Que nunca te dije en vida

Que eres todo cuanto amo

Y ahora que ya no estoy junto a ti

Desde mi cielo

Os arroparé en la noche

Y os acunaré en los sueños

Y espantaré todos los miedos,

Desde mi cielo

Os esperaré escribiendo

No estoy solo pues me cuidan

La libertad y la esperanza

Yo nunca os olvidaré



Compositor: Mägo De Oz

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS