Durazno Sangrado ( Tradução )

Luis Alberto Spinetta


Cedo o pessego


da árvore caiu

sua pele era rosa

dourada do sol


e em se ver na sorte

de toda árvore

á beira de um rio

sua fé, o fez chegar


dizem que neste vale

os pessegos são dos duendes


passou certo tempo

no mesmo lugar

até que um bom dia

se pos a escutar

uma melodia

muito triste do sul

que assim chorava

desde seu interior


quem canta é seu caroço

nao é seu corpo, em fim tem uma alma

e se teu ser estoura

será um coração o que sangra

e a canção que escutas

sua mente abrirá com a alvorada


a brisa de janeiro

á beira ( margem ) chegou

a noite do tempo

suas horas cumpriu

e ao chegar a alvorada

o caraço cantou

partindo o pessego

que no riu caiu


e o pessego partido

já sangrando está de baixo d'água.


gabi_fagotti

Durazno Sangrado


Temprano el durazno

del arbol cayo

su piel era rosa

dorada del sol


y al verse en la suerte

del todo frutal

a la orilla de un rìo

su pelo hizo llegar


Dicen que en este valle

los duraznos son de los duendes


Paso cierto tiempo

el mismo lugar

hasta que un buen día

se puso a escuchar

una melodia

muy triste del sur

que asi le lloraba

desde su interior


quien canta es tu carozo

no es tu cuerpo al fin tiene un alma

y si tu ser estalla

sera un corazon el que sangre

y la cancion que escuchas

tu mente abrira con el alba


La brisa de enero

a la orilla llego

la noche del tiempo

sus horas cumplio

y al llegar el alba

el carozo canto

partiendo al durzano

que al rio cayo


y el durazno partido

ya sagrando esta bajo el agua


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS