3 am

Luccas Carlos


Meia-noite eu passo na sua casa
Só não me pergunta quando volta


Segue o plano, não explana
Quem não tá aqui, repara e reclama
Não se engane, não se engana
Elas queriam o seu lugar na cama
E eu só te quero ver bem
Sei que hoje você saiu de casa
Me diz onde você tá
Pelo jeito não tá ligando pra nada
Me mandou uma mensagem dizendo que ama
Sabe que eu não acredito nessas conversas
Quem que me viu de bonde
Só me diz quando e onde
Hoje eu não to longe
Então fica esperta

Meia-noite eu passo eu passo na sua casa
Uma da manhã a gente sai pra dar rolé
Só não me pergunta quando volta
Depois das três é o que você quiser

Meia-noite eu passo eu passo na sua casa
Uma da manhã a gente sai pra dar rolé
Só não me pergunta quando volta
Depois das três é o que você quiser

Então é só me chamar
Pode chegar, não vai se arrepender
Pode chegar, é só me chamar
Não vai se arrepender

Segura a onda, que o fluxo do caixa tá alto
Ainda faltam vinte minutos antes de eu descer
Derrubamos mais uma casa aqui em São Paulo
Varias tijoladas coisa bonita de ver
Dois mil no meu bolso, dez mil no pulso só pra te ver
Esse meu Camaro velho, eu arranquei o teto foi pra você
Vamo dar aquele rolé, aquele rolé, aquele rolê
Faça tudo o que quiser, eu quero lançar moda eu e você
Sei que você quer provar do bom mas "cê" não tem o acesso
E por isso "cê" tá aqui
Mas ce não é do tipo que se solta, só porque ganhou uma
Clut nova da Fendi
Vamo comprar bem
Hoje eu vou congelar minha corrente
Vou por diamante nos seus dentes
Quem depois do lim ficou doente
É a 30 que garante aquele verso quente

Meia-noite eu passo eu passo na sua casa
Uma da manhã a gente sai pra dar um rolé
Só não me pergunta quando volta
Depois das três é o que você quiser

Então é só me chamar
Pode chegar, não vai se arrepender
Pode chegar, é só me chamar
Não vai se arrepender

Letra enviada por Wedjane Lopes

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Luccas Carlos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS