Página inicial > Reggae > L > Lucão Mc > Bela Noite

Bela Noite

Lucão Mc


O dia da morte em dia, da noite da morte foice
A foice da morte um dia no globo de um belo coice
O coice do burro em vista da morte é bela noite

Em vista de bela noite o tempo bom que se foi
as coisas que falo é pouco, enchem seu cranio oco

O corpo perto de letras e como "homens e fadas"
Um um só fala bosta e o outro te da escadas

Escadas levam a portas as portas estão trancadas
Feche-as com seu corpo e abra com as levadas
O poder não é ser querido mas sim ser diferente
Me julgam por ser assim
mas não estão salvos por serem crentes

Disso estão cientes não vem que estou frente
Pois pra eles oque já foi dito não pode ser diferente
Minha vida não tem destino
pois dele não estou fugindo
são coisa que nunca fiz
no mundo só juízes pois matam, roubam e decapitam
Mas pra eles foi o homem la em cima que quis

Se fosse fácil assim viveria ajoelhado
Pois o mundo sofrendo e avida é dos arrombado
Cheio de dinheiro no cu mas isso nunca basta
Digo isso ao bolsonaro
que do meu governo já se afasta

Um pc que desistale o caos na terra é realidade
mas nada acontece
sem um antivírus para a humanidade

Compositor: lucão mc

Letra enviada por lucão mc

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Lucão Mc no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS