Página inicial > Romântico > L > Luan Santana > Chuva de Arroz

Chuva de Arroz

Luan Santana

Luan Santana - Acústico


Não mudei de cidade, nem de telefone
Só escolhi ser feliz
Mesmo endereço, o mesmo apartamento
Em frente a igreja matriz

Por isso todo mundo passa
E quem nunca passou, vai passar
Já "tô" dizendo aos meus amigos
Calma que eu não vou pirar
Já pirei!

Me apaixonei
Perdidamente
E o que eu sei,
É que daqui pra frente

Vai ser nossa cidade,
Nosso telefone
Nosso endereço,
Nosso apartamento
Sabe aquela igreja?
"Tô" aqui na frente,
imaginando chuva de arroz na gente!

Não mudei de cidade, nem de telefone
Só escolhi ser feliz
É o mesmo endereço, o mesmo apartamento
Em frente a igreja matriz

Por isso todo mundo passa
E quem nunca passou, vai passar
Já "tô" dizendo aos meus amigos
Calma que eu não vou pirar
Já pirei!

Me apaixonei,
perdidamente
E o que eu sei,
é que daqui pra frente

Vai ser nossa cidade
Nosso telefone
Nosso endereço,
Nosso apartamento
Sabe aquela igreja?
"Tô" aqui na frente,
imaginando chuvas de arroz na gente!


Vai ser nossa cidade,
Nosso telefone
Nosso endereço,
Nosso apartamento
Sabe aquela igreja?
"Tô" aqui na frente,
imaginando chuva de arroz na gente!

Letra enviada por Fernando Jun Nakazaki

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Luan Santana no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS