Louane Emera

La Mère À Titi (tradução)

Louane Emera

Chambre 12


A Mãe para Titi


Sobre a mesa da sala

Que brilha como um sapato

Há um bonito caminho de mesa

E um cinzeiro de ostra


Há frutas de plástico

Realmente bem imitadas

Em um copo de cristal

Realmente bem lascado


Na parede na entrada

Há chifres de camurça

Para pendurar chaves

Da adega onde nós não vamos


As estatuetas africanas

Esfregam na prateleira

Os pequenos bichos de vidro

venezianos inúteis


Tudo é pequeno na casa da mãe de Titi

Esta é um pouco da Itália

Essa é a felicidade, o sofrimento e o tédio

É a morte, a vida é assim


Há uma bela tourada

Em um leque feio

Descansando em sobre o sofá

Como um espantalho


Sobre a renda preta

Há a morte de um touro

Quem difícil de acreditar

Que está mais sobre Franco


Há uma pobre Virgem

Com os dois pés flutuando

Que se cobre de neve

Quando você a balança* (globo de neve)


O barometro idiota

Em um âncora da marinha

E a imagem de um canhorro

Tiradas de uma revista


Tudo é pequeno na casa da mãe de Titi

Mas há tudo que eu disse

Aquela mulher lá, se você não a conhecer

Você não vai acreditar, você não vai acreditar


Sobre a Tv que trono

Um dia, vi um livro

Eu creio que é Le Grand Meaulnes

Feche a panela de cobre


Sobre o porta-jornal

Você está em dúvida

Há "Nous Deux", "L'Figaro"

E um catálogo "La Redoute"


No fim do corredor

Há o quarto para meu camarada

Onde vivem suas guitarras

Sua jaqueta e as suas botas


A sua coleção de revistinhas em quadrinho

E no meio do hall

A bituca de um cigarro

E uma velha revista "New Look"


Tudo é pequeno na casa da mãe de Titi

Titi não se importa

E me disse que a sua vida é muito pequena também

E que na casa dele, está em todo lugar


Quando ele fala sobre seu bar

Sua mãe disse que ele estava louco

Que ele nem sequer é casado

Que as meninas são sem graça


E lá se foi

De jeito nenhum vai voltar

Com sua roupa suja

No final de cada semana


Assim, ele permanece lá

Sufocado, mas amado

Ocupa-se um pouco com os gatos

Esperando para trabalhar


Ele seria um cantor

A mãe acredita que em outros lugares

Uma vez que ele tem uma bela voz

Como a do seu pai


Tudo é pequeno na casa da mãe de Titi

Esta é um pouco da Itália

É felicidade, sofrimento e tédio

É a morte, a vida é assim

La Mère À Titi


Sur la tabl' du salon

Qui brille comme un soulier

Y'a un joli napp'ron

Et une huitr'-cendrier


Y'a des fruits en plastique

Vach'ment bien imités

Dans une coupe en cristal

Vach'ment bien ébréchée


Sur le mur, dans l'entrée

Y'a des cornes de chamois

Pour accrocher les clés

D'la cave où on va pas


Les statuettes africaines

Côtoient sur l'étagère

Les p'tites bestioles en verre

Salop'ries vénitiennes


C'est tout p'tit chez la mère à Titi

C'est un peu l'Italie

C'est l'bonheur, la misère et l'ennui

C'est la mort, c'est la vie


Y'a une belle corrida

Sur un moche éventail

Posé au d'ssus du sofa

Comme un épouvantail


Sur la dentelle noire

Y'a la mort d'un taureau

Qui a du mal à croire

Qu'il est plus sous Franco


Y'a une pauvre Vierge

Les deux pieds dans la flotte

Qui se couvre de neige

Lorsque tu la gigotes


Le baromètr' crétin

Dans l'ancre de marine

Et la photo du chien

Tirée d'un magazine


C'est tout p'tit chez la mère à Titi

Mais y'a tout c'que j'te dis

C'te femme-là, si tu la connais pas

T'y crois pas, t'y crois pas


Sur la télé qui trône

Un jour, j'ai vu un livre

J'crois qu'c'était Le Grand Meaulnes

Près d'la marmite en cuivre


Dans le porte-journaux

En rotin, tu t'en doutes

Y'a Nous Deux, l'Figaro

L'catalogue d'la Redoute


Pi au bout du couloir

Y'a la piaule à mon pote

Où vivent ses guitares

Son blouson et ses bottes


Sa collec' de B.D.

Et au milieu du souk

Le mégot d'un tarpé

Et un vieux New Look


C'est tout p'tit, chez la mère à Titi

Le Titi y s'en fout

Y m' dit qu'sa vie est toute petite aussi

Et qu'chez lui, c'est partout


Quand y parle de s'barrer

Sa mère lui dit qu'il est louf'

Qu'il est même pas marié

Qu'ses gonzesses sont des pouf'


Et qu'si y s'en allait

Pas question qu'y revienne

Avec son linge sale à laver

A la fin d'chaque semaine


Alors y reste là

Étouffé mais aimé

S'occupe un peu des chats

En attendant d'bosser


Y voudrait faire chanteur

Sa mère y croit d'ailleurs

Vu qu'il a une belle voix

Comme avait son papa


C'est tout p'tit, chez la mère à Titi

C'est un peu l'Italie

C'est l'bonheur, la misère, et l'ennui

C'est la mort, c'est la vie

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES