Calmô

Liniker e os Caramelows

Goela Abaixo


Pela manhã, quando você acorda
O teu sorriso tão ligeiro vem me despertar
Vagarosa, formosa menina

Tem calma, tem jeito, tem também
O coração tranquilo, coração de alguém
De alguém

Pela manhã, quando você acorda
O teu sorriso tão ligeiro vem me despertar
Vagarosa, formosa menina

Tem calma, tem jeito, tem também
O coração tranquilo, coração de alguém
De alguém

Na casa antiga tinha até montanhas
E nas ruas da cidade tinha gente ali
Caminhando juntas

Na casa antiga tinha até montanhas
E nas ruas da cidade tinha gente ali
Caminhando juntas

Por la mañana, cuando te despiertas
Tu sonrisa tan ligera viene a despertarme
Tranquila, bonita menina

Tem calma, tem jeito, tem também
O coração tranquilo, coração de alguém
De alguém

Na casa antiga tinha até montanhas
E nas ruas da cidade tinha gente ali
Caminhando juntas

Na casa antiga tinha até montanhas
E nas ruas da cidade tinha gente ali
Caminhando juntas

Coloca calma, carinho, tempero, zen
Uma lambida nos olhinhos é tão gostoso também
Também

Compositor: Fernando Falcoski, Liniker de Barros, Marja Nehme, Péricles Sampaio, Rafael Barone, Renata Santos...

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Liniker e os Caramelows no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES