Rap Resistência

Levante Popular da Juventude


Resistência

Resistência
Irmãs e irmãos
Resistência
Pela terra e pelo pão
Resistência
Por todas as periferias
Resistência
Amanhã é um novo dia

Resistência
Irmãs e irmãos
Resistência
Pela terra e pelo pão
Resistência
Por todas as periferias
Resistência
Construiremos rebeldia

Rap é latinoamericano
Originário sergipano
Pique bolivariano
Elaborando vários plano

Com o mic se armando
E tamo chegando no jogo
Se seis são pesado
Imagina o bonde todo

Marighellistas na ação
Black panthers na essência
Guarani de raiz
Nordestino de nascença
Se calar a minha voz
Vão sentir a resistência
Sabe a mãe dandara?
Nois somo a descendência

Escutou vossa excelência
Que roubou a presidência
Nos matando na sequência
Educação na decadência

Desse sistema opressor
Nois somo a consequência
Com nois vocês não guenta
Palmares faz presença
Zeferina é influência
As vozes se erguerão
Ecoando sua sentença
Palmares faz presença
Zeferina é influência
As vozes se erguerão
Ecoando sua sentença

Oke arô


Meu pai oxóssi
O rufo do tambor
Anuncia a chegada
De um novo esplendor
Cansamos da chibatada
Inspirado em Zapata
Hugo Chavez
Fidel Castro
Construindo um novo dia
Para todas as quebradas
Não tô sozinho
Tô junto com as mina
Tô junto com os mano
Lado a lado a debater
Preparando a juventude
Para tomada do poder

Vai vendo só

Capital imperialista
Patriarcal, racista e machista
Interferindo na democracia de nosso país
E da periferia

Vai se ligando
Nossa rima é nossa arma
Nós topa qualquer parada
Na roça ou na quebrada
Leste oeste
Norte a sul

Akomabu

Não deixa a cultura morrer
Palmo a palmo do brasil
América latina
Pátria livre

Fogo no pavio
Fogo no pavio
Fogo no pavio

Salve nordeste
Cangaceiro do mato
Cabra da peste
Oxe meu chegado
O povo ta organizado
Acampamento ta montado
Campo e cidade
Tudo dominado
O povo convocado
O fogo foi botado
Os cana recuaram
Têm preto favelado
Zumbi ressuscitado
Dandara, Olga Benário
Sandino, Frida Kahlo
Imperialismo? mato

Ah
O povo tá organizado
É resistência e não contrato, irmão
É resistência e não contrato
É resistência e não contrato

Resistência
Irmãs e irmãos
Resistência
Pela terra e pelo pão
Resistência
Por todas as periferias
Resistência
Amanhã é um novo dia

Resistência
Irmãs e irmãos
Resistência
Pela terra e pelo pão
Resistência
Por todas as periferias
Resistência
Construiremos rebeldia

Primeiramente
Eu cheguei ligeira
Pesada batendo forte
Sou rosa perfeita
Que exala cheiro da morte
Sou mulher rebelde
Sou favela, sou macumba
Sou beleza negra
Sou a bomba que te afunda

Cheguei batendo forte
Pesada, ligeira
Sou balaiada
Não vim pra brincadeira

Preta, brasileira
Latina verdadeira
Maranhense, africana
De são luis eu sou regueira
De são luis eu sou regueira

Resistência
Irmãs e irmãos
Resistência
Pela terra e pelo pão
Resistência
Por todas as periferias
Resistência
Amanhã é um novo dia

Resistência
Irmãs e irmãos
Resistência
Pela terra e pelo pão
Resistência
Por todas as periferias
Resistência
Construiremos rebeldia

Compositor: Unidade de comunicação e cultura da Escola Nacional Florestan Fernandes

Letra enviada por Levante Popular da Juventude

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Levante Popular da Juventude no Vagalume.FM

ESTAÇÕES