O Homem de Branco

Leonidio Moreira


O homem de branco esteve aqui,
Ele tem a marca da cruz.
Nem a morte conseguiu,
Parar o mestre Jesus.

Ele tem as mĂŁos feridas,
O seu rosto resplandece luz.
Passou em Jerusalém,
Milagres aconteceram,
Crucificaram o filho de Deus.
Olha o dono da vida,
Tocando em vocĂȘ,

Derramando a unção,
De glĂłrias e poder.
Ele vai voltar um dia,
Vem colher o que plantou,
Separar o joio do trigo,
Da semente que semeou.

O homem de branco esteve aqui,
Ele tem a marca da cruz.
Nem a morte conseguiu,
Parar o mestre Jesus.
Ele tem as mĂŁos feridas,

O seu rosto resplandece luz.
Passou em Jerusalém,
Milagres aconteceram,
Crucificaram o filho de Deus.

Olha o dono da vida,
Tocando em vocĂȘ,
Derramando a unção,
De glĂłrias e poder.

Ele vai voltar um dia,
Vem colher o que plantou,
Separar o joio do trigo,
Da semente que semeou.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Leonidio Moreira no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS