Página inicial > MPB > L > Léo Pinheiro > Pode Por a Culpa em Mim

Pode Por a Culpa em Mim

Léo Pinheiro


E não finge que me ama
E que madeira ama cupim
Vê se me poupa desse drama
E vade retro, coisa ruim
E se a coisa desandar
E se alguém te perguntar
Pode pôr a culpa em mim

A gente é junto e separado
Igual piscina e trampolim
Você fala acariocado
Me enganando que é latim
Mas se o medo do momento
É o global aquecimento
Pode pôr a culpa em mim

E se a esquerda no poder
Desandou teu Zepelim
E se o medo de perder
Azedou o teu quindim
E se o rock hoje é cafona
Se a mocinha hoje é matrona
Pode pôr a culpa em mim

Se você já descobriu
Publicado num pasquim
Que só mesmo no Brasil
Comandante faz motim
O sucesso é quase um crime
A mentira é o que se imprime
Pode pôr a culpa em mim

E se a espada revoltada
Empunhar o espadachim
E se a água alucinada
Resolver beber o rim
E se o amor que a gente teve
Se atirou do céu sem rede
Pode pôr a culpa em mim

Compositor: Oswaldo Montenegro

Letra enviada por Renato Araújo

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Léo Pinheiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS