Página inicial > MPB > L > Léo Pinheiro > Na hora do sol voltar

Na hora do sol voltar

Léo Pinheiro


A estrada que eu faço hoje
Não é de hoje que eu ando nela
Não tem mão nem contramão
Não tem ponte, asfalto, farol, pinguela
Passa em cima passa embaixo
Passa na frente da casa dela
E eu espio aqui de longe
Pra se eu vejo ela da janela

Ai seu tivesse asas
Ai se eu pudesse avoar
Visitava sua casa
Na hora do sol deitar

A estrada é mais de mil léguas
Não tem compasso e não tem régua
Não tem passo ou contrapasso
Cansaço, abraço, beijo sem trégua
O sereno vem caindo
E o vento fuxica no ouvido dela
A canção que um andarilho
Enluarado escreveu pra ela

Ai seu tivesse asas
Ai se eu pudesse avoar
Visitava sua casa
Na hora do sol deitar

Sabiá leva no bico
Um bilhete uma flor
Tu tem asas mas não sabe sabiá
O que é viver sem amor

Compositor: Léo Pinheiro, Genésio Tocantins

Letra enviada por Jessica

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Léo Pinheiro no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS